O primeiro encontro com a “Minha Fercal”

No primeiro momento de contato com esses jovens foi feito um “batepapo” onde foi possível conhecê-los um pouco mais, sabendo idade, nome, onde moram, o que pretendem fazer após a escola, quais os seus gostos pessoais, o que gostariam de fazer na oficina e vários outros fatores que serão fundamentais para o desenvolvimento do projeto. As principais ideias que surgiram foram: a criação de um cartaz com os horários dos ônibus para ser colocado nas paradas e a criação de materiais para redes sociais. Além disso, será criado um grupo de Whatsapp para a melhor comunicação entre os alunos da Fercal e os alunos da UNB.

Em um segundo momento, utilizamos os computadores do laboratório de informática da escola para que os alunos pudessem criar sua primeira arte e assim pudéssemos observar as habilidades do grupo. A ferramenta utilizada foi o “paint” do sistema Linux. Os alunos mostraram não ter muito domínio sobre o aplicativo, mas cada um tentou criar uma arte ao seu estilo: criação abstrata, logomarca, desenho a mão livre, cidade quadriculada, desenhos simétricos, texto e formas coloridas. Após a criação os alunos justificaram o que fizeram e também apontaram suas dificuldades, com isso, foi possível perceber os desafios e o grande potencial que esse grupo terá para realizar um belo trabalho para o projeto “Minha Fercal”