Sobre a disciplina

A disciplina Comunicação Comunitária da Faculdade de Comunicação (FAC) da Universidade de Brasília (UnB) foi criada no primeiro semestre de 2002 com o objetivo primeiro de servir como meio de institucionalização da Rádio Laboratório de Comunicação Comunitária (Ralacoco). A iniciativa se consolidou como um instrumento de mobilização social e em 2007 transformando-se oficialmente em Projeto de Extensão da UnB, tendo se tornado de maneira institucional um Programa de Extensão da UnB em 2011.

Comunicação Comunitária tem sido reconhecida por diversos órgãos da administração federal e local como importante parceiro em diversas ações nas áreas da cultura, cidadania, educação e comunicação. Essas ações promovem a aproximação dos universitários com diferentes comunidades, gerando a produção de conhecimento que valoriza novos olhares dentro da universidade. Consideramos, então, como resultado da atuação do Programa “Comunicação Comunitária”, a complementação na formação de estudantes de graduação e pós-graduação de diversas áreas do conhecimento, principalmente da Comunicação, publicação de livros e participação em congressos científicos nacionais e internacionais.

O trabalho já contou com a participação de mais de 1.000 estudantes de diferentes cursos tais como Jornalismo, Publicidade, Audiovisual, Comunicação Organizacional, Administração, Nutrição, Biblioteconomia, Serviço Social, História, Biologia, Ciências Naturais e Medicina. Durante as atividades, os alunos estudam conceitos de comunicação e cidadania, comunicação para mobilização social e aplicam a teoria em atividades de campo em comunidades de dentro e de fora do Distrito Federal.